segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Segurança na internet

SEGURANÇA NA INTERNET

O QUE NUNCA DEVES FAZER:Separador
  • Fornecer dados pessoais (teus, de membros da tua família ou de amigos) a pessoas que conheces na internet - nome completo, número do documento de identificação (bilhete de identidade, cartão de cidadão), número de telefone/telemóvel, morada, número/informações das tuas contas bancárias ou das dos teus pais.
  • Preencher informação com dados pessoais, sem verificar anteriormente o endereço do website que os solicitou, o motivo do pedido e a credibilidade da entidade que o regula.
  • Expor demasiada informação sobre ti em blogues ou redes sociais.
  • Abrir ou responder a emails de destinatários que não conheces.
  • Abrir links ou consultar páginas que te pareçam duvidosas ou com conteúdos estranhos.
  • Partilhar a tua password com alguém (mesmo com alguém em quem confies totalmente).
  • Fazer compras online, sem o consentimento e ajuda dos teus pais.
  • Combinar encontros com pessoas que conheceste online.
  • Responder a mensagens ou contactos desagradáveis, humilhantes ou provocadores (mesmo que sejam de uma pessoa que até conheces)
  • Usar a internet para magoar, prejudicar ou humilhar alguém.
Separador

Lembra-te que...
Quanto mais informação colocares sobre ti  online, maior é o risco da alguém a usar para te prejudicar.


O QUE DEVES SEMPRE FAZER:
Separador
  • Fornecer o teu email apenas a pessoas que conheces e a entidades que sejam legítimas.
  • Atualizar regularmente o antivírus do teu computador.
  • Proteger o teu email com um filtro de spam/lixo eletrónico, para evitares receberes emails ou publicidade indesejada ou de destinatários que não te interessam.
  • Alterar regularmente as tuas passwords.
  • Efetuar sempre logout quando queres sair do teu email ou de uma página da web em que tenhas efetuado login.
  • Falar com um adulto em quem confies quando tiver acontecido alguma coisa que te tenha incomodado ou quando tens alguma dúvida.
  • Contactar o administrador da página da web em que estás se perceberes que o conteúdo do website é inadequado ou impróprio.
  • Não responder a qualquer mensagem provocatória ou desagradável e guardar essa informação para a enviar ao administrador do website ou fórum.

Separador

Para mais informações sobre segurança na internet consulta 
INTERNET SEGURA.Podes enviar e-mail LINHAAJUDA@INTERNETSEGURA.PT ou contactar através do 808 91 90 90.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Sessão de cinema sobre a violência no namoro

Auditório da EB Elias Garcia
Dia 17 de dezembro das 16- 18 horas
Inscrições no PBX

PESS - cyberbullying.

Uma das formas mais comuns de violência online é o cyberbullying.
 O que é o cyberbullying?

É uma forma de BULLYING cometido através da internet e das novas tecnologias, em que alguém (normalmente uma pessoa/grupo que conheces da vida “real”) procura ofender, envergonhar e humilhar outra pessoa.
 violência online 
Qualquer jovem pode ser vítima de cyberbullyingatravés de, por exemplo:
  • emails ou mensagens recebidas (no telemóvel, no facebook, em chats) com ofensas, insultos ou ameaças;
  • emails ou mensagens recebidas (no telemóvel, no facebook, em chats) contendo vídeos e/ou fotos que causam desconforto ou embaraço;
  • emails recebidos contendo vírus;
  • uso das passwords para entrar no email e/ou na conta do facebook para enviar emails insultuosos ou para publicar informação ofensiva ou falsa (sobre nós ou sobre pessoas que conhecemos);
    emails, mensagens ou comentários  partilhados com outras pessoas (pelo telemóvel, no facebook, em chats), que contenham informação falsa ou humilhante sobre nós, tais como comentários, fotos, imagens ou vídeos, para envergonhar e prejudicar.
Separador
 O cyberstalking é outra forma de violência online.
 O que é o cyberstalking?
STALKING significa um conjunto de comportamentos de assédio persistente e de contactos indesejados efetuados por uma pessoa contra outra, com o objetivo de conhecer, seduzir, começar (ou reatar) uma relação mais íntima com essa pessoa (por exemplo, namoro). Esses contactos e aproximações são feitos de uma forma que causa desconforto, assusta e intimida a outra pessoa.

O CYBERSTALKING é uma forma de stalking que envolve o uso da Internet e das novas tecnologias para comunicar e tentar o contacto ou a (re)aproximação a alguém
A pessoa que realiza este tipo de comportamentos pode ser:
  • desconhecida;
  • conhecida (ex.: ex-namorados/as; amigos; colegas).
O stalking pode começar por contatos que parecem inofensivos e românticos como, por exemplo:
  • ligar constantemente para dizer ‘olá’ ou para perguntar ‘como estás?’;
  • enviar várias mensagens escritas ou e-mails com juras de amor.
Estes contactos podem evoluir para situações cada vez mais incómodas e reais, por exemplo:
  • aparecer nos sítios que a pessoa frequenta, por exemplo, no café;
  • vigiar os passos da pessoa, acompanhado as atividades e percursos que esta vai fazendo;
Os contactos e aproximações podem mesmo chegar a envolver violência física ou verbal e ameaças.
Separador
Os discursos de ódio através da internet também podem ser uma forma de violência e representam uma violação dos direitos humanos.
 O que são os discursos de ódio?
São manifestações que procuram afirmar, encorajar ou incitar o ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas em razão da sua cor da pele, etnia, nacionalidade, ascendência, língua, religião, sexo, orientação sexual, identidade de género, condição física, ou outros fatores discriminatórios ou xenófobos.
Estes discursos têm como objetivos injuriar, ameaçar, intimidar e desumanizar uma pessoa ou grupo, diferenciando-o/a da restante população e, ao mesmo tempo, disseminar estas mensagens junto de outras pessoas, promovendo a sua aceitação e a violência.

Podem ser manifestados através de qualquer meio de comunicação e estão cada vez mais presentes nas redes sociais e na internet, atingindo, por este meio, uma difusão muito alargada junto de um elevado número de pessoas.

Os discursos de ódio através da internet podem consistir em:
  • e-mails enviados a uma pessoa ou grupo com manifestações de ódio racial ou de ódio motivado por outros fatores discriminatórios;
  • comentários e mensagens publicadas em redes sociais que manifestem ódio contra uma pessoa ou grupo em razão da sua cor, orientação sexual, nacionalidade ou religião;
  • fotografias ou vídeos que incitem o ódio ou a discriminação;
  • memes que possuam mensagens e imagens com conteúdo hostil ou malicioso relacionado com a orientação sexual, identidade de género ou outros fatores discriminatórios;
  • jogos que contenham atos de violência ou outras manifestações de ódio relacionadas com a discriminação ou a xenofobia.

Lembra-te que...
As manifestações de ódio através da internet são reais e podem causar consequências negativas nas nossas vidas.
Caso te tenham ofendido ou intimidado por um discurso de ódio, contacta a APAV. Sabe como fazê-lo AQUI.


Separador

É importante não esquecer que muitos jovens passam muito tempo na internet e a usar o telemóvel, mas não se envolve em comportamentos violentos online. Para te manteres em segurança quando usas estas ferramentas vai a SEGURANÇA NA INTERNET.

Podem surgir muitas inseguranças e receios quando estas formas de violência acontecem, por exemplo:
  • a pessoa alvo de violência pode não perceber que o que lhe está a acontecer é uma forma de violência;
  • a pessoa pode não saber que atitude tomar quando está a ser vítima de violência online;
  • a vítima pode até conhecer da vida “real” a pessoa que a está a agredir ou humilhar, mas não sabe que é ela que o está a fazer naquele momento;
  • o/a agressor/a pode fazer-se passar por outra pessoa para que a sua verdadeira identidade não seja revelada;
  • muitas agressões são anónimas, ou seja, não vêem “assinadas” por ninguém;
  • a vítima receia que as agressões ou humilhações que alguém está a cometer sejam partilhadas ou enviadas a outras pessoas, principalmente às pessoas que conhece.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Sessão do PESS sobre a VIOLÊNCIA NO NAMORO - 17 de dezembro

Violência no NAMORO - O QUE É? http://www.apavparajovens.pt/pt/go/o-que-e1

É um ato de violência, pontual ou contínua, cometida por um dos parceiros (ou por ambos) numa relação de namoro, com o objetivo de controlar, dominar e ter mais poder do que a outra pessoa envolvida na relação. 


Violência no Namoro

Existem diferentes formas de violência no namoro:

VIOLÊNCIA FÍSICA: 
Por exemplo, quando o/a teu/tua namorado/a:
  • te empurra;
  • te agarra ou prende;
  • te atira objetos;
  • te dá bofetadas, pontapés e/ou murros;
  • ameaça usar a força física ou a agressão.

Separador

VIOLÊNCIA SEXUAL:
Por exemplo, quando o/a teu/tua namorado/a:
te obriga a praticar atos sexuais, mesmo quando não queres;
te acaricia (ou força carícias), sem que queiras.
Separador
VIOLÊNCIA VERBAL:
Por exemplo, quando o/a teu/tua namorado/a:
te chama nomes e/ou grita;
te humilha, através de críticas e comentários negativos (ex.: “Não vales nada.”);
te intimida e ameaça.
Separador
VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA:
Por exemplo, quando o/a teu/tua namorado/a:
parte ou estraga os teus objetos ou roupa;controla a tua maneira de vestir;
controla o que fazes nos tempos livres e ao longo do dia;
te liga constantemente ou envia mensagens;
ameaça terminar a relação como estratégia de manipulação.
Separador
VIOLÊNCIA SOCIAL:
Por exemplo, quando o/a teu/tua namorado/a:
  • te humilha, envergonha ou tenta denegrir a tua imagem em público, especialmente junto dos teus familiares e amigos;
  • mexe, sem o teu consentimento, no teu telemóvel, nas tuas contas de correio eletrónico ou na tua conta do Facebook;
  • te proíbe de conviver com os teus amigos e/ou com a tua família.
Separador
Podem acontecer diferentes formas de violência na mesma relação namoro. Por exemplo, as agressões verbais podem ocorrer antes de uma agressão física.Todas as formas de violência no namoro têm um objetivo comum: magoar, humilhar, controlar e assustar. 
Lembra-te que...

  • A violência nunca é uma forma de expressar amor ou paixão por outra pessoa.
  • Os ciúmes não servem de justificação para qualquer comportamento violento. 
Consulta SEGURANÇA NAS RELAÇÕES DE NAMORO para mais informações sobre os direitos e deveres numa relação de namoro e as estratégias mais adequadas para resolver conflitos e desentendimentos entre namorados.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Novidades da "recolha de papel por alimentos"!!

     
 
     A Campanha "recolha de papel por alimentos" do AE Elias Garcia, em parceria com o centro social e paroquial de Vale Figueira, vai fazer a sua primeira recolha

no dia 4 de dezembro.
     Até lá contamos contigo para recolhermos o maior número de jornais, revistas, livros e folheto.
    Traz de casa, entrega à D. Dina (PBX) e participa!

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Novo Calendário: as reuniões dos Embaixadores da Saúde (PESS)



      As reuniões dos Embaixadores da Saúde passarão a realizar-se às 2ªs-feiras, das 14:15h às 15:15h, uma vez que a maioria das turmas funciona da parte da manhã e, assim, globalmente, será minimizada a perda de assistência às aulas. Os alunos das turmas da tarde poderão frequentar de forma rotativa (embaixador/subembaixador) as sessões.

MÊS
DIA

HORA
LOCAL
1º Ciclo



 Auditório da escola
OUT.
28
12:15h/13:15h
OUT.

30
17:00h (Tomada de posse)
NOV.
25
14:15h/15:10
DEZ.
16
14:15h/15:10
JAN.
27
14:15h/15:10
FEV.
24
14:15h/15:10
MARÇO
31
14:15h/15:10
ABRIL
28
14:15h/15:10
MAIO
Fórum dos Embaixadores do concelho

27

Tarde: 14 às 17 ou 18h

Almada: Academia Almadense

JUNHO

VISITA DE ESTUDO

3

Lisboa: Parque de monsanto

NOTA: Receberão diploma de mérito e irão à visita de estudo os Embaixadores da Saúde assíduos, pontuais e empenhados nas suas funções.

Coordenação do PESS
Vera Constantino

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Campanha "recolha de papel por alimentos" em parceria com o centro social e paroquial de Vale Figueira


    Tens livros escolares usados?
    Reutilizar é melhor que reciclar.
    Mas quando um livro já não é reutilizável pode ainda ter um “papel” importante , convertendo-se em alimentos para quem deles precisa!

   
 
     O Agrupamento Elias Garcia aderiu a esta campanha.
    Participa na campanha de "recolha de papel por alimentos", do banco alimentar contra a fome, em parceria com o centro de Vale Figueira.

    EB Elias Garcia: PBX (D. Dina)
    EB Miquelina Pombo (átrio)

 
     Esta iniciativa pretende envolver os alunos e a comunidade escolar na recolha do papel com objectivos de solidariedade social e ambiental.
      A Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares está a lançar no corrente ano lectivo 2013/ 2014, um programa de colaboração com as escolas a nível nacional, no âmbito da campanha "Papel por Alimentos".Por cada tonelada de papel angariado é entregue pela empresa Quima o equivalente a 100€ em produtos alimentares básicos.
     O site da campanha Papel por Alimentos www.papelporalimentos.pt
 

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Informação - novo horário do Clube de Teatro - TEG TRUPE

 
 
 
5ª feira: das 15:20 às 16:05

6ª feira, das 8:55 às 09:40
 
 

Mês da Fotografia ImaginArte Almada 2013 exposição “Território Comum – Imagens do Inquérito à Arquictetura Regional Portuguesa, Portugal 1955-57"

A Coordenação do Mês da Fotografia ImaginArte Almada tem ainda o prazer de lhe enviar o convite para a inauguração da exposição “Território Comum. – Imagens do Inquérito à Arquictetura Regional Portuguesa, Portugal 1955-57”, que se realiza na Galeria Municipal de Arte, no próximo dia 02 de novembro, pelas 17h30.
Mais informações em http://www.imaginarte-almada.com